Pesquisar

Em 1879 foi criada, de uma forma natural, a primeira sociedade de jovens nos Estados Unidos. Desde então, e até aos dias de hoje, a Igreja Adventista mundial tem desenvolvido um grandioso trabalho com e para a sua juventude. Contudo a sua confirmação ocorreu durante a Assembleia da Conferência Geral, em 1907, quando oficialmente se organizam as sociedades dos Missionários Voluntários. Nasce então o movimento dos MV que preparará caminho para os clubes de Desbravadores.

A Organização

O nome Desbravador que o dicionário Webster’s Collegiate define como “aquele que descobre um caminho; aquele que explora regiões não percorridas ou não frequentadas para marcar uma nova rota; que abre trilhos, pioneiro” surge pela primeira vez num acampamento de verão no Sudeste da Califórnia, decorria o ano de 1929. Mas, somente em 1946 é formado, com o apoio da Igreja, o primeiro Clube de Desbravadores. Nesse mesmo ano, John Hancock começa a desenvolver o programa dos Desbravadores e cria o triângulo. Seguido dois anos depois da bandeira. Em 1950, a Conferência Geral autoriza oficialmente o estabelecimento, a nível mundial, dos Clubes de Desbravadores MV. Desde essa data têm surgido Clubes por todo o mundo. “Os uniformes podem ser diferentes, as línguas e costumes podem variar, mas o mandato do evangelho como está exemplificado no emblema mundial dos Desbravadores, é o convite da Igreja aos seus jovens para abrirem o caminho, para explorarem regiões não percorridas ou não frequentadas e descobrirem a verdadeira rota” (Robert W. Holbrook – Departamental do Ministério dos Desbravadores da Conferência Geral). Decorria o ano de 1979 quando os MV - Missionários Voluntários se estabelecem como Juventude Adventista, com a sigla JA .

O Caso Português

A primeira notícia dos MV em Portugal remonta ao ano de 1923, a uma reunião de jovens da Igreja de Lisboa Central. O primeiro congresso MV decorreu em Portalegre em 1948 e o primeiro acampamento nacional realizou-se em 1952, no Pinhal da Machada - Barreiro. O programa dos Desbravadores aplicou-se no território ultramarino primeiro do que na metrópole. Em 1970, e mais uma vez na Igreja de Lisboa Central, assiste-se ao nascimento simbólico do primeiro Clube de Desbravadores de Portugal. Ainda na década de 70, do século XX, surgem vários clubes pelo país, mas é já na década de 80 que estes se difundem e se enraízam em crescendo até aos dias de hoje.

Visitantes em linha

Temos 79 visitantes e 0 membros em linha

Estatísticas

Acessos a Artigos
3877905